Bem-te-vi é encontrado pregado em árvore de Chapadão do Sul

O Bem-te-vi que foi pregado – provavelmente – vivo numa árvore na Avenida Paraná em Chapadão do Sul tinha sido “adotado” por um empresário que fornecia ração e água para ele e outros pássaros que frequentam o pomar da residência. Segundo ele o “ser humano está cada vez mais sem coração para praticar uma barbárie desta magnitude” contra um ser indefeso que torna nossa vida mais aprazível. O comerciante chegou de viagem e sentiu a falta do pássaro que visitava os fundos da casa com regularidade em busca de comida. Ficou sabendo do crime pela internet e ficou tão chocado quanto os demais internautas que repudiam o ato por redes sociais.

A Polícia Militar aguarda a colaboração dos moradores na identificação do autor  do crime. O outro lado desta história macabra é positivo  e mostra que vários empresários e moradores compram ração para alimentar várias espécies de pássaros em Chapadão do Sul.  Algumas são extremamente fiéis aos donos e comportam-se como se fossem  cães que acompanham o homem pelas ruas das cidade e no campo.

 

*César Rodrigues – Chapadense News

 

Comentários estão fechados.