Cruz Vermelha Brasileira -MS realizará curso para novos voluntários em Chapadão do Sul

A Cruz Vermelha Brasileira –MS, realizara na cidade de Chapadão do Sul, o Curso CBFI (Curso Básico de Formação Institucional), para as pessoas que queiram ser voluntários da Maior Instituição Humanitária do Planeta.

Para participar e ser um voluntário basta fazer a inscrição no link http://cruzvermelhams.org.br/03_seja_voluntario  e seguir as instruções. (0bs; a inscrição tem que ser feita via computador) e não tem custo.

O Curso será realizado nos dias 18 e 19 de agosto, das 08hs às 17horas (com intervalos de almoço, na escola municipal Carlos Drummond de Andrade, na Avenida Oito, no centro de Chapadão do Sul.

O que é ser voluntario?

Ser voluntário é doar seu tempo, trabalho e talento, de maneira espontânea e não remunerada, para causas de interesse social e comunitário, melhorando a vida das pessoas. A Cruz Vermelha Brasileira – Mato Grosso do Sul mantém um corpo de voluntários capacitados e atuantes, que trabalham em diversas áreas. Você pode contribuir com suas habilidades ou simplesmente com sua vontade de ajudar.

Condições para se tornar voluntário na Cruz Vermelha Brasileira – Mato Grosso do Sul

– Acreditar e fazer valer os Princípios Fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho: Humanidade, Independência, Imparcialidade, Neutralidade, Unidade, Voluntariado e Universalidade;

– Dispor de tempo para conciliar o serviço voluntário com outros interesses e compromissos;

– Comparecer às capacitações, treinamentos e reuniões de voluntários;

– Ter mais de 18 anos (caso contrário, será necessário autorização dos pais ou responsáveis por escrito).

Como começar: Formação Básica Institucional

Para atuar como voluntário da Cruz Vermelha Brasileira – Mato Grosso do Sul o interessado deve participar do processo de Formação Básica Institucional que ocorre duas vezes ao ano. Esse processo é uma tendência mundial que tem como objetivo a fidelização do voluntário com a instituição de interesse. Antes de se dedicar a uma causa, é preciso conhecê-la e admirá-la, sentir vontade de fazer parte daquela rotina.

O trabalho voluntário é muito sério e de grande responsabilidade social e precisa ser executado de maneira profissional, mas sem perder o prazer e a vontade de fazer a diferença.

 

COMPARTILHAR