‘Brasil é um modelo a ser seguido’: agora ministra, Tereza Cristina quer segurança jurídica no campo

A deputada federal licenciada e nova titular do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), pasta que também incorporou os antigos ministérios da Pesca e da Agricultura Familiar, Tereza Cristina (DEM-MS), recebeu o cargo em uma cerimônia no final da manhã desta quarta-feira (2).

“Neste mesmo teto estão áreas afins que antes estavam separadas. Somos um só ministério que olhara com igual destaque para todos os produtores”, afirmou a ministra, que prometeu apoiar também a agricultura familiar.

Logo após assinar a posse de sete secretários que serão seus principais auxiliares no Ministério, Tereza discursou a uma plateia lotada de produtores, políticos, convidados e assessores, e agradeceu os cerca de 75 mil votos que recebeu dos eleitores sul-mato-grossenses que lhe garantiram a reeleição como deputada federal, cargo que deixou para se tornar ministra.

“Foi com satisfação e orgulho que fui empossada pelo presidente Bolsonaro como ministra da agricultura”, afirmou a democrata, destacando que a plateia que lotava o MAPA era a ‘família da agricultura brasileira’.

Exemplo

Tereza Cristina afirmou que o Brasil ‘é um modelo a ser seguido’, uma vez que possui mais de 476 milhões de hectares cadastrados no CAR (Cadastro Ambiental Rural).

A ministra destacou que o maior desafio do produtor rural é a insegurança jurídica, e prometeu ações para garantir a ‘segurança jurídica no campo’. Ela também elencou como prioridade da pasta a titulação das terras da agricultura familiar.

Os secretários empossados por Tereza na cerimônia desta quarta-feira foram Eduardo Sampaio Marques (política agrícola), Jose Guilherme Leal (defesa agropecuária), Jorge Seifi Junior (aquicultura e pesca), Fernando Henrique (agricultura familiar e cooperativismo), Orlando Leite ribeiro (relações internacionais do agronegócio) e Nabhan Garcia (assuntos fundiários).

Midiamax-

Aliny Mary Dias, enviada especial a Brasília

Comentários estão fechados.