Cassilandense está entre os pesquisadores mais influentes da América Latina

O Alper-Doger (AD) Scientific Index divulgou o ranking dos cientistas mais influentes da América Latina, que inclui quinze docentes pesquisadores da Universidade Federal de Jataí (UFJ):

  • Ana Amélia Freitas Vilela (Medicina)
  • Cláudio Hideo Martins da Costa (Agronomia)
  • Danielle Fabíola Pereira da Silva (Agronomia)
  • Edgar Alain Collao Saenz (Zootecnia)
  • Fernando Henrique Cristovan (Química)
  • Frederico Augusto Guimarães Guilherme (Ciências Biológicas)
  • Hildeu Ferreira Da Assunção (Agronomia)
  • Levi Carina Terribile (Ciências Biológicas)
  • Marcos Lázaro Moreli (Biomedicina)
  • Maria Jose Rodrigues (Geografia)
  • Matheus de Souza Lima Ribeiro (Ciências Biológicas)
  • Mauricio Bolzan (Física)
  • Sandra Aparecida Benite Ribeiro (Ciências Biológicas)
  • Simério Carlos Silva Cruz (Agronomia)
  • Valcinir Aloisio Scalla Vulcani (Medicina Veterinária)

Fernando Henrique Cristovan, residiu sua infância e juventude em Cassilândia. Sua mãe, Sara Salomão e sua irmã Sílvia (Fórum) ainda residem na cidade. Parabéns.

O AD Scientific Index é um sistema de classificação e análise com base no desempenho científico e no valor agregado da produtividade científica de pesquisadores e também fornece classificações de instituições com base nas características científicas dos afiliados.

O ranking, chamado “World Scientist and University Rankings 2021”, foi desenvolvido pelos professores Murat Alper e Cihan Döğer, com base no total e nos valores dos últimos cinco anos dos seguintes critérios:

  • índice i10 (número de publicações com, no mínimo, 10 citações);
  • índice h (proposto para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisas individuais ou em grupos, baseando-se nos artigos mais citados);
  • pontuações de citação no Google Scholar.

Os índices levam em consideração a proporção do valor dos últimos cinco anos, dividido pelo valor total dos índices mencionados, e utilizaram nove métricas para a classificação em diferentes áreas. O índice H é uma métrica utilizada para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisadores baseados em seus artigos mais citados. O índice i10 refere-se ao número de publicações com no mínimo 10 citações. O referido ranking considera a trajetória da pesquisa e não apenas as pesquisas mais recentes.

Confira mais detalhes dos cientistas e suas pesquisas em https://www.adscientificindex.com/

Fonte: Assessoria de Comunicação – ASCOM/UFJ