Chapadão do Sul está vacinando 1ª, 2ª e 3ª dose nesta quinta-feira, 23

Chapadão do Sul está nesta quinta-feira (23), aplicando a primeira (D1), segunda (D2) e terceira (D3) dose da vacinas contra a Covid-19 em alguns grupos.

Confira abaixo quais grupos estarão sendo imunizados:

PRIMEIRA DOSE ADULTOS E ADOLESCENTES.

Primeira dose para população acima de 18 anos.

Na unidade de saúde do bairro Sibipiruna, que fica na Avenida Rio Grande do Norte, n° 1898, toda a população que estiver com à idade de 18 anos ou mais que ainda não pode ser vacinar  contra o Covid-19 por algum motivo, poderá receber a primeira dose. Levar Cartão SUS ou CPF e Comprovante de Residência.

Primeira dose para adolescente de 12 a 17 anos.

Nos ESF Flamboyant e Central, os adolescentes com idades de 12 a 17 anos com ou sem morbidades poderão receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 a partir das 08:30  horas (MS). É obrigatório a apresentação do  Termo de Autorização para receber a vacina, Clique aqui para visualizar o Termo de Autorização.

SEGUNDA DOSE

Segunda dose Coronavac

Na unidade de saúde do bairro Sibipiruna, que fica na Avenida Rio Grande do Norte, n° 1898, estará também administrando a segunda dose da vacina do Instituto Butantan da Coronavac para quem tomou a primeira dose até  08 de setembro. Levar o comprovante da aplicação da primeira dose.

Segunda dose da Pfizer

Nos ESF Flamboyant e Central estará também administrando a segunda dose da vacina da Pfizer para quem tomou a primeira dose até  17 de Agosto. Levar o comprovante da aplicação da primeira dose.

TERCEIRA DOSE PARA IDOSOS E IMUNOSSUPRIMIDOS

Terceira dose para idosos acima de 60 anos

Nos ESF Flamboyant e Central serão aplicadas 3ª Dose para pessoas com 60 anos ou mais, desde que tenham recebido a 2ª Dose até dia 23 de maio. Levar o comprovante da segunda dose.

Terceira dose para Imunossuprimidos 

Também nos ESF Flamboyant, Sibipiruna e Central será aplicada a 3° dose para pessoas acima de 18 anos que tenham com alto grau de imunossupressão, conforme a orientação da Secretaria Municipal de Saúde , o paciente imunossuprimido deverá apresentar no ato da vacinação o laudo médico que ateste um das condições relacionadas abaixo:

  • Imunodeficiência primária grave
  • Quimioterapia para câncer
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3
  • Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune
  • Pacientes em hemodiálise
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

 

Para os indivíduos com alto grau de imunossupressão o intervalo para a dose de reforço é para quem tomou a segunda dose até dia 26 de agosto de 2021.