Com todos imunizantes disponíveis, Chapadão do Sul vacinara 1ª, 2ª e 3ª dose neste sábado

Neste sábado (15) , Chapadão do Sul estará disponibilizando vacinas de 3 laboratórios, AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer, para a primeira,  segundo e terceira (reforço) doses.

A vacinação acontecerá no ESF’s  Flamboyant, Sibipiruna e Esperança.

Estará disponível a primeira dose para adolescentes de 12 a 17 anos que não receberam nenhuma dose da vacina covid-19;

Segunda dose da vacina da Pfizer, para quem tomou a primeira dose até o dia 25 de setembro;

Terceira dose para trabalhadores de saúde de todos os níveis e idosos acima de 60 anos que tomaram a segunda dose de qualquer imunizante contra a covid-19 até o dia 16 de junho;

E também para pessoas com alto grau de imunossupressão, conforme a orientação da Secretaria Municipal de Saúde , o paciente imunossuprimido deverá apresentar no ato da vacinação o laudo médico que ateste um das condições relacionadas abaixo:

  • Imunodeficiência primária grave
  • Quimioterapia para câncer
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3
  • Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune
  • Pacientes em hemodiálise
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

 

Para os indivíduos com alto grau de imunossupressão o intervalo para a dose de reforço é para quem tomou a segunda dose até dia 18 de setembro de 2021.

Chapadão do Sul voltou a disponibilizar doses para pessoas de 18 anos ou mais que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra o COVID-19.

Também estará aplicando a segunda dose da CoronaVac para quem tomou a primeira dose até dia 02 de outubro.

Nesta sexta-feira também estará sendo disponibilizado a segunda dose da AstraZeneca para quem tomou a primeira dose até 21 de agosto.

A vacinação é a estratégia mais eficaz no combate a pandemia e no controle da disseminação de novas variantes, fique atento e não deixe de vacinar.

A Vigilância epidemiológica de Chapadão do Sul reforça para garantir a imunização é extremamente necessário que o munícipe receba a segunda dose. A vacina não age como um remédio para a dor, de alívio imediato. Sua ação leva alguns dias para fazer efeito e a imunização só será mais efetiva com a segunda dose, que completa o ciclo vacinal. É necessário que a segunda dose seja do mesmo laboratório, ou seja, não se deve misturar as vacinas.

Mesmo que o paciente tenha tido uma reação adversa pós-vacina, não deve deixar de tomar a dose complementar. Os efeitos mais comuns apresentados após a primeira dose da vacina são dor no local da aplicação, calafrio e dor de cabeça, considerados comuns a vários imunizantes.