Denunciado por violência doméstica, homem agredi policiais em Costa Rica

A Polícia Militar de Costa Rica prendeu no final da manhã de ontem, no Jardim Novo Horizonte, um homem de 24 anos por violência doméstica. O suspeito estava na frente da casa da ex-esposa fazendo ameaças e a importunando. Durante abordagem, reagiu e agrediu policiais com tapas e socos, motivo pelo qual também vai responder por resistência.

De acordo com boletim de ocorrência, a vítima de 22 anos acionou a PM informando que o homem estava em frente à sua residência, fazendo baderna, gritando, a ameaçando e promovendo insultos. Ela relatou que terminou com ele há três meses, mas que ele não aceita o fim do relacionamento. A vítima estava assustada e temia por sua segurança.

A jovem informou, inclusive, que morava em Jataí (GO) e veio para Costa Rica para tentar se afastar do homem que não parava de persegui-la. Ele, por sua vez, dizia que estava de férias e que por 30 dias ficaria na frente da casa, até que ela aceitasse voltar para ele. Quando os PMs chegaram, se depararam com o homem que, de cara, reagiu.

Conforme registro policial, ele desferiu socos e tapas nos agentes de segurança que precisaram usar força para contê-lo. Supostamente embriagado, ele foi colocado na viatura e levado à Delegacia de Polícia Civil. Ele responde por perturbação da tranquilidade e ameaça no âmbito da violência doméstica, bem como resistência. Participaram da ação os soldados Aclenildo Aparecido Soares Furtado e Matheus Moura.

Fonte: MS Todo Dia

Comentários estão fechados.