Centro Cultural de Figueirão abre 400 vagas para a população em geral

Inaugurado em 2015 o Centro Cultural de Figueirão está com 400 vagas abertas em diversas categorias para pessoas de 4 a 80 anos.  Modalidades artísticas e esportivas incluem o calendário de atividades deste ano, bem como karatê, zumba, ballet, street dance, capoeira, jiu jitsu, alongamento e condicionamento físico, teatro e violão. As inscrições vão até o dia 10 de fevereiro e podem ser realizadas no próprio Centro Cultural.

Cada inscrito poderá optar pela quantidade de atividades que se adequar a sua agenda. Para os mais jovens, o requisito é que estejam matriculados e frequentando regularmente a escola. Documentos como RG e CPF serão exigidos. Todos pagarão uma taxa única e simbólica de R$ 10, que será revertida em figurino para apresentações, materiais e manutenção do prédio.

As aulas iniciarão já na primeira quinzena de fevereiro, incluindo as instruções de música na Banda Municipal João Malaquias da Silva, que desde 2009, sob regência do maestro Ronildo dos Santos, orgulha Figueirão, chegando a ser considerada a melhor do Estado em concurso no ano de 2010.

“Teremos alguma novidades. Neste ano pretendemos montar uma Associação de Artesãos no município, mas por enquanto vamos reunir os interessados, capacitá-los e buscar recursos para desenvolver o grupo”, detalha a coordenadora de cultura do município, Rejane Negrão Fagundes, ao lembrar que terão turmas especiais do Centro Cultural na comunidade de Santa Tereza.

Para o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, a cultura além de primordial, se enquadra como uma válvula de escape. “No momento em que se pratica determinada ação, o indivídio desenvolve seu intelecto, melhora sua saúde e ainda apresenta sua sensibilidade diante de um instrumento, por exemplo. Investimos em ações como esta, com a finalidade de melhorar o desempenho de todos inscritos e para que futuramente possamos assistir um filho de Figueirão em grandes escolas de música, dança, teatro no mundo a fora”, finaliza Rosalin.

Mais informações pelo telefone (67) 8404-0810 ou[email protected]

 

Texto: Diego Silva

Fotos: Assessoria de Comunicação