Polícia prende ladrão de milho em Costa Rica

Na noite de sábado (07), o SIG da Polícia Civil de Costa Rica identificou e prendeu em flagrante Osvaldo Custódio Queiroz (51), autor de furtos nas lavouras de milho no entorno da cidade. As informações apuradas apontam um prejuízo de aproximadamente R$ 40mil, com cerca de dez hectares furtados por Osvaldo e seus comparsas.

A polícia já havia recebido denúncias vindas do agricultor Adroaldo Guzzela, de que alguém estava lhe causando prejuízo furtando milho verde de sua propriedade. Segundo o Boletim de Ocorrência, outra denúncia foi feita no sábado (07), desta vez por Enrico Barbosa Guzzela, acusando mais um roubo durante a madrugada e relatando que na fazenda ainda havia rastros de três veículos, provavelmente caminhonetes, usados pelos ladrões.

A polícia saiu em diligências pelo município e, após receber a informação de que havia um homem em uma caminhonete F1000 preta comercializando milho verde próximo à ponte do Rio Sucuriú, localizou o suspeito. Em primeiro instante, ao ser questionado sobre a origem do produto, Osvaldo disse que havia recebido o milho de um amigo e que o mesmo poderia confirmar a informação, entretanto, ao ser confrontado pelo policial que lhe pediu que ligasse para o tal amigo, o indivíduo desconversou, momento o qual foi levado para a Delegacia.

Já na delegacia, Osvaldo confessou ter roubado o milho na Fazenda Estreito do Baús e ainda, confirmou que o produto vinha sendo comercializado no município.

O autor segue preso, à disposição da justiça. Segundo o Delegado Alexandro Mendes de Araújo, o crime é inafiançável. ”Osvaldo Custodio foi autuado em flagrante por furto majorado e está na cadeia da DP de Costa Rica à disposição da Justiça. A quantidade de comodite subtraída, conjugada com o fato de estar vendendo o produto agrava a situação do preso, pois além do considerável prejuízo à vítima, ainda prática concorrência desleal em face dos comerciantes que trabalham honestamente⁠⁠⁠”, explicou o delegado.

A polícia não descarta novas prisões.

Fonte: MS TODO DIA