Ex-prefeito é preso no Paraguai 11 anos após condenação por morte de radialista

Eurico Mariano, ex-prefeito de Coronel Sapucaia, município que fica a 377 quilômetros, de Campo Grande, foi preso no Paraguai e extraditado para o Brasil nesta sexta-feira (11). Ele foi condenado em 2007 pelo homicídio do radialista Samuel Román, ocorrido em 2004.

Conforme a Polícia Federal, Eurico Mariano foi preso pela Polícia Nacional do Paraguai, em Capitán Bado, cidade vizinha a Coronel Sapucaia.

Por meio de procedimentos de cooperação policial internacional, Eurico Mariano estava incluído na lista de procurados pela Interpol. Policiais federais descobriram onde ele estava escondido e repassaram a informação à Polícia Nacional.

O ex-prefeito foi entregue às autoridades brasileiras no aeroporto de Assunção, sendo transportado em aeronave da Polícia Federal até a cidade de Ponta Porã, onde começará a cumprir pena. G1

Comentários estão fechados.