Policia de Paranaiba prendem estelionatário

O S.I.G. concluiu a primeira etapa de uma investigação iniciada acerca de cinco meses. A investigação visava elucidar a autoria de diversos crimes de estelionatos que vinham ocorrendo em Paranaíba e região. Durante as investigações dos estelionatos em razão de análises mais detalhadas de todo o “modus operandi” utilizado pelo autor assim como descrições testemunhais, imagens de câmeras, além de outros arcabouços de provas o S.I.G. identificou semelhanças em uma pessoa que se passava como Policial Civil com o autor de alguns crimes de furtos em residências praticados na cidade e que também eram investigados pelo S.I.G.
Após este período de trabalho o S.I.G. conseguiu nesta última semana chegar a pessoa de JESRAEL LIDNEI CUBO (33). Entre os crimes já elucidados pelo S.I.G., até o momento, estão dois furtos em residência ocorridos em um condomínio próximo a UEMS e um estelionato praticado em 2014 onde tiveram como vítimas um grupo de professores. JESRAEL LIDNEI CUBO também foi indiciado e responderá pelo crime de Usurpação de Função Pública, pois em uma das casas em que praticou o furto, ao ser visto pela vítima ele se passou por Policial Civil exigindo inclusive que a vítima lhe apresentasse seus documentos e mostrasse toda a casa.
JESRAEL LIDNEI CUBO (33) trabalhou durante alguns anos em uma empresa de vigilância e monitoramento em Paranaíba, e até hoje trabalhava autonomamente com segurança, portanto tinha conhecimentos sobre sistemas de alarme, portões eletrônicos e localização de câmeras. Desta forme ele se utilizava desse conhecimento adquirido para facilitar sua entrada nas casas.
O S.I.G continua nas investigações relacionadas a JESRAEL LIDNEI CUBO, a fim de elucidar outros estelionatos e furtos na cidade, portanto ele deverá ser ainda indiciado em diversos outros crimes. Caso condenado JESRAEL LIDNEI CUBO poderá ser condenado em até 25 anos de prisão.